Maiores goleadas da história do Campeonato Brasileiro

Na era dos pontos corridos, 3 jogos acabaram com o placar de 7 x 0.

- atualizado
Lorenzo
Lorenzo
do Compeonato Brasileiro COMPARTILHE

A partir do ano de 2003, o Campeonato Brasileiro adotou o sistema de pontos corridos, sendo assim, o time que somar o maior número de pontos é declarado Campeão Brasileiro. Naquele mesmo ano, houveram duas goleadas históricas. A outra aconteceu um ano depois, em 2004.

Goiás 7 x 0 Juventude, no dia 27 de abril de 2003

O Goiás atropelou o Juventude por 7 a 0, no estádio Serra Dourada, na Fase única do Campeonato Brasileiro 2003. Os gols foram de Caíco, Danilo (2), Dimba (2), Wando e Michel.

Bahia 0 x 7 Cruzeiro, no dia 14 de dezembro de 2003

Em 2003 o Cruzeiro foi Campeão Brasileiro com uma campanha fantástica, somou 100 pontos e fez 102 gols. A última rodada do campeonato foi a cereja do bolo do time mineiro que aplicou uma goleada de 7 a 0 no Bahia em plena cidade de Salvador. O time bahiano terminou o campeonato em última posição, e acabou sendo rebaixado.

O curioso é que ainda no primeiro tempo, o árbitro Evandro Rogério Roman marcou corretamente quatro pênaltis a favor do Cruzeiro. O maestro Alex converteu todos eles.

São Paulo 7 x 0 Paysandu, no dia 28 de setembro de 2004

Treinado por Emerson Leão, naquele ano o time paulista terminou o Campeonato Brasileiro em terceiro lugar. O jogo foi realizado no estádio Morubi em uma terça-feira à noite, e os gols foram de Jean Carlos, Souza, Nildo, Cicinho (2) e Grafite (2).

COMPARTILHE A MATÉRIA

Veja mais

TABELA SÉRIE A

P J V
1 Flamengo FLA 24 11 7
2 Palmeiras PAL 21 11 6
3 Bahia BAH 21 11 6
4 Botafogo BOT 20 11 6
5 Athletico-PR CAP 19 11 5
6 Internacional INT 17 9 5

TABELA SÉRIE B

P J V
1 América-MG AMG 21 11 6
2 Avaí AVA 21 11 6
3 Operário-PR OPE 21 12 6
4 Sport SPO 19 10 6
5 Goiás GOI 19 12 5
6 Santos SAN 18 11 6

Seja um colaborador

Escreva conteúdos e notícias sobre o seu time do coração e nós publicamos para você. Alguma frase aqui pra falar algo que você queira falar e bla bla!

Quero Colaborar