Conheça a história, importância e destaques da UEFA Liga dos Campeões Feminina, a principal competição para clubes de futebol feminino na Europa

Taça UEFA Liga dos Campeões Feminina
Taça da UEFA Liga dos Campeões Feminina / foto: PoolFoto/Imago/OneFootball

A História da UEFA Liga dos Campeões Feminina

A fascinante jornada da UEFA Women's Champions League, ou UEFA Liga dos Campeões Feminina, inicia-se quando o Comitê Executivo da UEFA aprova a proposta de lançar uma competição europeia entre clubes de futebol feminino.

A decisão ocorreu em uma reunião realizada em maio de 2000, na cidade de Paris. Assim, inicialmente, concebeu-se a Copa Feminina da UEFA.

O primeiro torneiro sendo realizado em 2001/02. A competição anual envolve os melhores times do futebol feminino europeu.

Clubes alemães e suecos dominaram os torneios durante os primeiros anos. O clube Frankfurt levou o primeiro título.

Entretanto, nas edições mais recentes, a França e a Inglaterra se tornaram expoentes importantes no cenário do futebol continental.

Por decisão estratégica tomada em 2008, a competição foi reconfigurada como UEFA Liga dos Campeões Feminina. A nova denominação foi adotada a partir da sua nona temporada realizada em 2009/10. 

Isso evidenciou o reflexo da sua crescente importância no futebol, pois tornou-se um dos eventos mais importantes do futebol feminino mundial.

A competição recebeu uma reformulação significativa para a temporada 2021/22, incluindo mudanças nos incentivos financeiros e transmissão de partidas. O próprio torneio também mudou, já que agora há uma fase de grupos com 16 times.

O clube de maior sucesso na história da competição é o time francês Lyon, que conquistou nada menos que sete campeonatos a partir da temporada 2010/11.

Estrutura da Competição

A Liga é estruturada em uma fase inicial, na qual 16 times são distribuídos em quatro grupos formados por quatro times. Os dois clubes primeiro colocados de cada grupo avançam para a fase eliminatória.

As fases de mata-mata, quartas e semifinais ocorrem em jogos de ida e volta. Já a é disputada em jogo único em local neutro definido previamente. 

Por meio de um sistema de cotas, as classificações dos clubes são definidas pelas suas posições nos respectivos países. Mais vagas estão disponíveis na competição para as nações com os campeonatos mais fortes.

O atual time campeão da temporada garante entrada direta na fase de grupos para o campeonato subsequente.

MELHORES MOMENTOS | Barcelona x Chelsea (UEFA Women's Champions League 2022-23)
Créditos: DAZN  BRASIL / YouTube

Crescimento da Popularidade

A UEFA Liga dos Campeões Feminina ganhou expressivo destaque nos últimos anos em toda a Europa. A popularidade da competição aumentou significativamente devido ao crescente interesse pelo futebol feminino.

Além disso, a competição tornou-se mais conhecida graças à transmissão dos jogos da competição em redes de televisão por toda o continente.

A popularidade do futebol feminino na Europa beneficiou a competição. Mais mulheres estão o esporte agora graças ao sucesso dos campeonatos já realizados.

Acrescenta-se que a UEFA está trabalhando constantemente para promover e aumentar a conscientização sobre a competição em toda a Europa, o que elevou o prestígio sobre o futebol feminino.

Todos os anos, há novos desenvolvimentos e mudanças feitas na Liga. À medida que mais clubes de todo o continente se juntam à competição, desenvolvendo o nível do futebol feminino na Europa, ela se torna mais disputada e emocionante para os espectadores.

Alguns fatos memoráveis

Ao longo dos anos, muitos gols emocionantes foram marcados, jogos emocionantes ocorreram e excelentes atuações marcaram a UEFA Liga dos Campeões Feminina. A seguir estão alguns dos dados mais intrigantes da competição.

A atual jogadora atacante com mais gols na história da competição é a norueguesa Ada Hegerberg, que computa incríveis 59 gols ao longo de suas participações. Seu talento é constante, pelo Lyon, campeã por três vezes, consagrou-se artilheira na temporada 2015/16.

Hegerberg recebeu da UEFA à época o prêmio de melhor jogadora futebolista do ano. Ela também é primeira mulher a receber a Bola de Ouro Feminina, prêmio homenageante promovido pelo periódico France Football em 2018.

Ada Hegerberg pelo Lyon
Ada Hegerberg pelo Lyon / foto: Getty Images

O Lyon conseguiu o terceiro título consecutivo em 2017/18. É o atual clube campeão da competição, temporada 2021/22, e o maior vencedor de todos os tempos somando 8 títulos conquistados. O Frankfurt figura na segunda posição com apenas 4 Ligas vencidas.

As duas maiores e inacreditáveis vitórias por goleada da história da competição ocorreram nas oitavas de final da temporada 2017/18, quando o Lyon derrotou o BIIK Kazygurt, do Cazaquistão, por 16 a 0, e o Barcelona marcou 9 x 0 contra o Gintra, da Lituânia.

Vários clubes conquistaram o título da UEFA Champions League Feminina desde o início da competição em 2001/02. Veja a lista completa de todos os clubes vencedores:

Títulos UEFA Liga dos Campeões Feminina
Infográfico - Títulos UEFA Liga dos Campeões Feminina / foto: ESPN
  • Lyon - 8 títulos (2011, 2012, 2016, 2017, 2018, 2019, 2020 e 2022)
  • Frankfurt - 4 títulos (2002, 2006, 2008 e 2015)
  • Umea - 2 títulos (2003 e 2004)
  • Wolfsburg - 2 títulos (2013 e 2014)
  • Turbine Potsdam - 2 títulos (2005 e 2010)
  • Barcelona - 1 título (2021)
  • Arsenal - 1 título (2007)
  • Duisburg - 1 título (2009)

Onde assistir à final da Champions League Feminina 2022/23?

No dia 3 de junho de 2023, às 11h (horário de Brasília), será realizada a partida que definirá o clube campeão da UEFA Liga dos Campeões Feminina 2022/23. O embate ocorrerá no estádio do PSV (Eindhoven).

O jogo será exibido pela DAZN Brasil, na plataforma Youtube, com transmissão em português. 

Lyon vence UEFA Liga dos Campeões Feminina 2021-22
Lyon vence UEFA Liga dos Campeões Feminina 2021/22 / foto: Getty Images

A UEFA Liga dos Campeões Feminina é um torneio fantástico que ajudou a elevar o nível do futebol feminino por todo continente europeu. Ao longo dos anos, a competição testemunhou muitas partidas emocionantes e exibiu jogadoras incríveis.

Prevê-se que a competição continue a ter um substancial impacto no futebol feminino em toda o planeta à medida que se desenvolve e ganha popularidade.

 

Compartilhar Facebook Compartilhar WhatsApp Compartilhar Telegram