Conmebol cria bônus por vitória e Copa Libertadores da América terá premiação recorde em 2023

A equipe que vencer a Libertadores, além de conquistar o título mais cobiçado do continente e se tornar a melhor equipe da América do Sul, vai levar uma bolada para casa. Isso porque a Conmebol, entidade organizadora da competição, anunciou um aumento na premiação de 21% em relação ao ano anterior. Agora serão mais de R$1,09 bilhões de reais distribuídos entre todos os participantes.

As equipes participantes já faturam US$3 milhões (R$15,7 milhões) pagos pela participação na fase de grupos. A principal novidade, também está nessa fase. Serão pagos um bônus de *US$300 mil (R$1,57 milhão), por cada vitória. Caso uma equipe vença os seis jogos, receberá US$1,8 milhão (R$9,5 milhões) em bônus. Ou seja, uma equipe pode faturar R$25,2 milhões somente na fase de grupos. Empate e derrota não pagam bônus.

O time campeão, poderá faturar até US$28,05 milhões (R$147,5 milhões) se ganhar os seis jogos da fase de grupos e somar com a premiação das outras fases. Agora, se a equipe vencedora tiver participado da primeira fase da Pré-libertadores, o valor embolsado é ainda maior: US$29,55 (R$155,3 milhões).

Confira a premiação de todas as fases da Libertadores:

Pré-libertadores

  • Fase 1: US$400.000 (R$2,092 milhões)
  • Fase 2: US$500.000 (R$2,615 milhões)
  • Fase 3: US$600.000 (R$3,138 milhões)

Libertadores

  • Fase de grupos: US$3 milhões (R$15,7 milhões) + US$300 mil (R$1,57 milhão) por vitória.
  • Oitavas de final: US$1,25 milhão (R$6,6 milhões)
  • Quartas de final: US$1,7 milhão (R$8,9 milhões)
  • Semifinal: US$2,3 milhões (R$12,1 milhões)
  • Vice-campeão: US$7 milhões (R$36,7 milhões)
  • Campeão: US$18 milhões (R$94,5 milhões)

*Dólar convertido em R$5,23.

VEJA TAMBÉM: Os maiores campeões da Libertadores

 

Compartilhar Facebook Compartilhar WhatsApp Compartilhar Telegram