Após suas quatro temporadas defendendo o Manchester City nas semifinais da Liga dos Campeões, o goleiro que saiu do São Paulo é um dos melhores em sua posição.

Ederson Santana de Moraes, ou simplesmente Ederson, atualmente joga no Manchester City e é um dos principais goleiros brasileiros em atividade. No entanto, você conhece a história do goleiro em ascensão?

O Campeonato Brasileiro decidiu trazer a história do goleiro que vem ganhando ainda mais destaque no futebol europeu.

O início da trajetória

Iniciou sua carreira nas categorias de base do São Paulo FC, mas foi no Rio Ave de Portugal que teve sua primeira oportunidade como titular profissional. Em 2015 ele voltou ao Benfica, clube que abriu as portas para o goleiro na Europa.

Ederson no Rio Ave
Ederson no Rio Ave / foto: divulgação Primeira Liga

Com sua grande capacidade técnica, reflexos rápidos e habilidade para jogar com os pés, Ederson rapidamente se tornou o titular absoluto do Benfica, conquistando três títulos consecutivos da Primeira Liga Portuguesa e chamando a atenção dos maiores clubes do mundo.

A ida à Manchester 

Em 2017, o Manchester City o contratou por uma taxa recorde de 40 milhões de euros, tornando ele o goleiro mais caro da história do futebol na época.

Desde então, Ederson estabeleceu-se como um dos melhores goleiros do mundo e é peça fundamental do Manchester City, conquistando vários títulos, incluindo três Premier Leagues, uma FA Cup e quatro Copas da Liga.

Ederson no Manchester City
Ederson no Manchester City / foto: divulgação Manchester City

Além disso, seu estilo de jogo é admirado por muitos, com grande habilidade para jogar com os pés e ajudar a equipe a manter a posse de bola e criar jogadas de ataque.

Copa do Mundo e seleção brasileira

Ederson também é um membro regular da seleção brasileira de futebol, tendo sido convocado para a Copa do Mundo de 2018 na Rússia, mas não atuou como titular.

Em 2019, ele foi titular na conquista da Copa América pela seleção brasileira, tendo grande destaque nas cobranças de pênaltis na final contra o Peru.

Ederson na seleção brasileira
Ederson com a camisada da amarelinha / foto: divulgação CBF

Em resumo, Ederson é um goleiro talentoso e habilidoso, que conquistou títulos e reconhecimento internacional em sua carreira. Aos 29 anos, ele ainda tem muitos anos pela frente para continuar brilhando em campo.

Compartilhar Facebook Compartilhar WhatsApp Compartilhar Telegram